quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Personalidade by Calcinhas


Sua gaveta de calcinhas
Elas foram criadas para ficar embaixo das roupas e proteger a região de possíveis invasores, alguns invisíveis, outros nem tanto. Alguns médicos pregam até que as mulheres não deviam usá-las, para deixar o local respirar em paz e não criar um ambiente propício ao desenvolvimento de bactérias. Aparecendo ou não, sendo exibidas ou não, uma coisa é certa: as calcinhas com detalhes, estampas e cortes diferenciados são peças que não podem faltar na gaveta da mulher, mesmo se ela não tenha para quem mostrar.
E elas dizem muito também de sua personalidade, de acordo com os modelos e estampas de cada uma. Responda a afirmação que mais tem a ver com seu jeito de conviver com esta peça íntima e veja que tipo de personalidade é a sua. Se responder mais de uma, não tem problema. Afinal, mulher muda de acordo com as alterações dos hormônios, não é mesmo? O importante é você se divertir com este questionário de essencialidades femininas... 


Bege, branco e preto. Só tenho calcinha dessas cores, porque combinam com todas as peças de roupa.
 

 
Calcinha para mim tem de ser confortável, não importa o tamanho e o formato. 

 





Quanto mais velha melhor, porque são as mais confortáveis.

                                                                      



Se aquela calcinha desbotada e furada é a primeira da gaveta nem penso duas vezes, coloco e pronto. 
 




 

Todas as calcinha são do modelo grande, tipo 
cueca, mas não abro mão de um desenho de moranguinho ou do Piu-Piu. 













Tenho calcinhas confortáveis, mas um ou dois 



modelos são sensuais, com estampa de onça ou transparentes apenas  para ocasiões especiais. 



                                                                               
Quando estou de TPM, uso a pior calcinha que tenho porque não quero ninguém por perto. 

                                                                      

Só uso as calcinhas que meu companheiro gosta, afinal é apenas para ele que me visto.

                                                                                                  

Só tenho calcinhas sensuais, tipo fio-dental, vermelhas, com estampas de animais e bem pequenininhas, afinal nunca sei o que vai rolar depois do trabalho. 
                                                                                                        

Minha gaveta de calcinhas é um mix: tenho marrom, bege, preta e branca em tamanhos confortáveis, mas há vários modelos sensuais.
                                                                                                       


Resultado:
1 - Bege, branco e preto. Só tenho calcinha dessas cores, porque combinam com todas as peças de roupa.
Cautelosa demais. Isso não é demérito, mas talvez falte apimentar um pouco sua vida íntima e se aventurar mais. Experimente pelo menos calcinha pretas super transparentes e provocativas, nem que seja apenas para você se olhar no espelho e mais ninguém.
2 - Calcinha para mim tem de ser confortável, não importa o tamanho e o formato.
Egoísta. Ok. Conforto é tudo de bom, mas você só está pensando em você mesma. É bom se arriscar um pouco no quesito roupa íntima, afinal lembre-se de que seu parceiro (pelo menos de vez em quando) vai querer desfrutar de uma calcinha sensual. E isso é importante principalmente se você for casada, para que a vida íntima não caia na rotina.
3 - Quanto mais velha melhor, porque são as mais confortáveis.
Depressiva. Cadê sua auto-estima, garota? Calcinha velha só para fazer limpeza em casa ou para assistir em DVD, sozinha, toda a temporada daquela série maravilhosa, que terminou há anos. As demais peças para este tipo de programa são moletom rasgado e camiseta furada. Saia já é compre 10 calcinhas de todos os formatos cores e estampas.
4 - Se aquela calcinha desbotada e furada é a primeira da gaveta nem penso duas vezes, coloco e pronto.
Sem noção. Sua auto-estima também está no chão, mas você não tem ideia do perigo que corre. Afinal, a Lei de Murphy está aí para provar que esta é a pior das opções. Você pode passar mal e ter de ser socorrida às pressas. Nesse momento, a única coisa que você vai se lembrar é furo na calcinha e se arrepender profundamente de não ter renovado o estoque há tempos.
5 - Todas as calcinhas são do modelo grande, tipo cueca, mas não abro mão de um desenho de moranguinho ou do Piu-Piu.
Adolescente eterna. Pode até ser que você já tenha certa idade, mas adora viver em plena adolescência. Ou é uma adolescente mesmo, com seus 12 ou 13 anos. Claro que são confortáveis e engraçadinhas, mas está na hora de assumir seu lado mulher. Então fica combinado, calcinhas assim só para dormir... sozinha.
6 - Tenho calcinhas confortáveis, mas um ou dois modelos são sensuais, com estampa de onça ou transparentes apenas para ocasiões especiais.
Tímida. Ter calcinhas confortáveis é necessário, mas um ou dois modelos sensuais é muito pouco. Isso mostra que você anda muito tímida no quesito sensualidade, inclusive ao se olhar no espelho. Além disso, ter só dois modelos sensuais significa que logo seu companheiro vai perceber que nem muito criativa você é. E anote uma coisa: confortável não é antônimo de sensual.
7 - Quando estou de TPM, uso a pior calcinha que tenho porque não quero ninguém por perto.
Precavida. Isso é uma atitude acertada, caso você não rosne até quando seu companheiro dê um selinho durante esses dias. Nunca se sabe a reação de uma mulher na TPM. Mas pense bem, a vida é curta. Não é bem melhor você tratar da TPM a ter de perder momentos tão legais junto ao ser parceiro?
8 - Só uso as calcinhas das quais meu companheiro gosta, afinal é apenas para ele que me visto.
Dependente. Que isso, garota? Você sabia que a roupa íntima tem muito a ver com a auto-estima da mulher. Uma peça limpinha, bonitinha e novinha demonstra que você adora se cuidar e ama seu corpo. É legal agradar ao parceiro, mas lembre-se de que antes de tudo você tem de se agradar para que os outros gostem de você.
9 - Só tenho calcinha sensuais, tipo fio-dental, vermelhas, com estampas de animais e bem pequenininhas, afinal nunca sei o que vai rolar depois do trabalho.
Insaciável. Nossa, parece que você só pensa naquilo! Que ter uma vida sexual ativa é legal e disso ninguém duvida. Mas ter outras opções na gaveta vai bem, obrigada, principalmente para usar com roupas que precisam de peça íntima mais comportada ou para aqueles dias referidos na afirmação número 7.
10 - Minha gaveta de calcinhas é um mix: tenho marrom, bege, preta e branca em tamanhos confortáveis, mas há vários modelos sensuais das mais variadas estampas.
Resolvida. Sim, você é uma mulher de bem com a vida e que sabe o que vestir seja para qual ocasião for: de uma consulta ao ginecologista ao encontro com aquela pessoa especial. E com certeza, calcinhas furadas já estão no lixo há tempos, não é? E fica a dica para todas: a calcinha marrom (e não bege ou cor-da-pele) é a que menos aparece em roupas mais transparentes, por isso não pode faltar na gaveta.

Fonte: www.terra.com.br


Bjs!!!
                    
                               Sandrine






Um comentário:

  1. Gostei do seu blog, vou pôr um link em meu blog do seu. Depois vai no meu blog, dê uma visitadinha tbm: http://sexodetodojeito.wordpress.com
    Bjs.

    ResponderExcluir

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Loading...